Como evitar bullyings

O bullying consiste no ato de agredir uma pessoa com violência física ou psicológica. Essas agressões podem atingir adultos e crianças.

O bullying é um termo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais. Em alguns casos as pessoas são vítimas e também praticam o bullying.

O bullying pode acontecer em qualquer ambiente como no trabalho, nas ruas, com adultos e crianças. Mas as ações de bullying são comuns nas escolas, pois a maioria das agressões acontece longe dos adultos, o que faz com que a criança não conte aos mesmos.

Algumas crianças não aceitam o modo de ser do outro, criticam sua aparência, seus gestos, enfim agridem o companheiro sem motivos.

O bullying pode acontecer de maneira direta ou indireta. O direto acontece quando alguém agride verbalmente um indivíduo que não gosta ou tem alguma implicância, com expressões e atos que ocasionam mal estar aos alvos. Em muitos casos podemos notar, além das agressões verbais, a violência física.

O indireto ocorre quando as vítimas estão ausentes e isolam, tratam com indiferença e difamação o outro.

Menino triste com bullyng

Dicas para evitar o bullying

Para evitar o bullying é necessário ficar sempre atento ao comportamento das crianças, observar sua rotina, e se ele não está apresentando alguns sintomas comum das vítimas, como agressividades, bulimia, faltas nas escolas, notas ruins, relatos de medo, depressão, dentre outros.

Ao perceber estes sinais, cabe aos pais levar os filhos ao psicólogo, conversar com os pais dos alunos que praticam bullying, e adotar medidas que ajudem a solucionar este problema.

A conscientização é a melhor maneira de evitar o bullying, as escolas devem promover palestras que relatem este assunto para que possa alertar os alunos da gravidade do problema. Campanhas com cartazes ou até mesmo trabalhos escolares também são excelentes táticas para evitar o bullyng.

Os professores, pais e diretores devem incentivar as amizades e acima de tudo apresentar palestras que ensinem as crianças a respeitar as diferenças dos outros.

Menina sofrendo bullying

Bullying no trabalho

Os adultos vítimas de preconceito no trabalho, por exemplo, tendem a sofrerem com depressão e baixa autoestima, sendo necessário procurar a ajuda de um médico especialista para que o mesmo possa recomendar o melhor tratamento. No trabalho, esse tipo de violência é chamada de assédio moral.

O bullying no trabalho pode afetar o rendimento do indivíduo, pois muitos sofrem com brincadeiras de mau gosto que causam certo desconforto, diante disso é necessário realizar uma denúncia a polícia.

Bullying nas escolas

No vídeo abaixo você pode conferir algumas informações sobre bullying e o que pode levar as crianças a cometerem estas agressões ao outro.

Preste atenção se seu filho não está sofrendo bullying, desta maneira você pode adotar algumas medidas para solucionar estes problemas.

27/12/12 por Miriam Andrade

   



Mais informações por email

Comentar