Fundamentos do voleibol – resumo 2013

O voleibol é uma modalidade que pode ser praticada por homens e mulheres, mas ambos deve seguir os devidos fundamentos e regras do vôlei.

O voleibol é uma modalidade praticada no Brasil no qual homens e mulheres podem integrar uma equipe de seis jogadores em cada um dos lados, fazendo com que a bola passe sobre a rede tocando o chão da parte adversária marcando pontos.

História do voleibol

A modalidade foi criada em fevereiro de 1895 por William George Morgan nos Estados Unidos, já que seu principal objetivo era criar um esporte sem contato físico entre os adversários diminuindo os riscos de lesões.

                       

Anos mais tarde em meados de 1947, foi fundada a Federação Internacional do Voleibol e dois anos mais tarde aconteceu o primeiro Campeonato Mundial de Voleibol com equipe de time masculina e até hoje faz parte dos Jogos Olímpicos.

Jogadores de vôlei em quadra

Fundamentos do voleibol

Existem vários fundamentos do voleibol onde a equipe é constituída por 12 jogadores no total sendo seis deles efetivos e seis suplentes (reservas), nas quadras ficam apenas duas equipes cada uma delas com seis jogadores.

As equipes são divididas por uma rede no meio da quadra e a partida se inicia com um dos times sacando a bola, após o saque o principal objetivo é que a bola ultrapasse a rede e siga no campo adversário conseguindo marcar pontos.

Medidas do campo

Medidas da quadra de voleibol

A quadra é retangular com a dimensão de 18×9 metros com uma rede posicionada ao centro com altura variável de acordo com a categoria de jogadores, já que a equipe masculina fica com rede na altura de 2,43 m e a feminina em 2,24 m.

Existe uma linha de três metros em direção ao campo para a rede dos dois lados e uma distância de aproximadamente seis metros até o fim da quadra. Isso forma uma quadra com a extensão de 18 metros de ponta a ponta e 9 metros nas laterais.

Serviço ou saque

O saque ou serviço marca o início da partida onde um jogador fica posicionado atrás da linha de fundo da quadra para realizar o saque com objetivo de dificultar a recepção dos adversários, abrindo o placar com os pontos.

No voleibol há diversos tipos de saque, conheça alguns deles:

Saque por cima ou por baixo – forma como o jogador arremessa a bola, já que a recepção do saque por baixo é considerada fácil, por isso essa técnica não pode ser mais utilizada nas competições de alto nível.

Jornada nas estrelas – um tipo específico de saque por baixo em que a bola pode atingir grandes alturas (cerca de 25 metros) aumentando a chance de cair em linha reta com uma velocidade de aproximadamente 70 km/h.

Saque flutuante ou sem peso – nessa modalidade a bola é tocada de leve no momento do saque fazendo com que não tenha muita velocidade repentinamente e a sua trajetória seja imprevisível.

Passes de bola

Momento de bloqueio

Os passes de bola são importantes para conseguir conter a bola arremessada pelo adversário evitando que ele marque pontos. Conheça os principais passes de bola que devem ser usados na partida.

Manchete – essa recepção de bola deve ser com as mãos unidas e braços levemente separados e estendidos fazendo um movimento de baixo para cima. Esse passe é usado com bolas que vem de baixa altura, considerado um grande fundamento de defesa.

Levantamento – este é normalmente o segundo contato com a bola e quando feito da maneira correta permite uma ação ofensiva por parte da equipe, possibilitando um novo passe conseguindo ter o controle do jogo.

Bloqueio – ele é feito pelos jogadores que estão à frente da quadra impedindo ou dificultando a passagem da bola arremessada pela equipe adversária. Nesse passe todos os jogadores estendem os braços acima do nível da rede na tentativa de impedir que a bola passe ou perca velocidade.

Pontos

Há basicamente duas formas de marcar pontos no voleibol, onde a primeira é fazer com que a bola aterrisse sobre a quadra adversária como forma de ataque e a segunda quando o time adversário acaba cometendo alguma falha ou erro.

Veja algumas das circunstâncias que são consideradas erradas:

  • O jogador bloqueia o saque adversário.
  • O jogador está fora de posição no momento do saque.
  • O jogador encosta na borda superior da rede.
  • Um jogador que está no fundo da quadra realiza um bloqueio.
  • O jogador saca quando não está na posição 1.
  • O jogador toca consecutivamente duas vezes na bola (“dois toques”).
  • O jogador empurra a bola, ao invés de acertá-la. Este movimento é denominado “carregar ou condução”.
  • A bola é tocada mais de três vezes antes de retornar para o campo adversário.

Fundamentos técnicos de voleibol

Vídeo Curso: Voleibol: Fundamentos Técnicos

Contudo, esses são apenas alguns dos fundamentos básicos do voleibol para ter um bom desempenho nas quadras e partidas informais com os amigos.

Gostou da nossa matéria? Participe deixando sua opinião através dos comentários.

2 votos



Paula
13/03/13



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook