Resumo da Revolução Inglesa

A Revolução Inglesa foi um marco importante para a Revolução Industrial. Informe-se sobre este momento da nossa história.

RESUMO DA REVOLUÇÃO INGLESA

A Revolução Inglesa foi um período de grandes transformações.

Estar ciente sobre os fatos que aconteceram ao longo da história é importantíssimo para poder dar um rumo melhor a tudo o que estamos vivendo hoje. Entender o que levou aos acontecimentos históricos é fundamental para compreender melhor a nossa história e o porquê de estarmos passando por determinadas situações nos dias de hoje.

Visto que alguns acontecimentos daquela época ainda trazem consequências nos dias atuais vamos aprender mais sobre esses assuntos, além do mais, histórias como “A Revolução Inglesa” São focos primordiais de diversos concursos e vestibulares.

                       

Resumo da Revolução Inglesa

RESUMO DA REVOLUÇÃO INGLESA

Durante o século XVII a Inglaterra vivia em um período de grande crescimento econômico, o país passou a expor seus produtos para a Europa em grandes quantidades, assim as propriedades rurais passaram a ter grande valor aos olhos dos superiores.

Assim, os grandes fazendeiros e proprietários agiram á favor da expulsão dos camponeses de suas terras, fazendo com que eles tivessem de buscar cidades grandes para morar, tendo de se sujeitar as péssimas condições de trabalho e qualidade de vida.

Com o tempo a própria burguesia se insatisfez com a situação do país, pois não queriam mais o poder absoluto nas mãos do rei, assim foi declarado à ideia de tirar o trono que passava de pai para filho e expor a ideai de que todos podem se candidatar a rei.

Guerra Civil

Assim todas as questões baseavam-se na insatisfação do povo burguês e do parlamento contra o rei e seus poderes absolutos. A Guerra Civil Inglesa estendeu-se do ano de 1641 ao ano 1649, onde o país foi dividido e se demarcou um período importante na Revolução Inglesa. De um lado os cavaleiros que apoiavam o rei pelos senhores feudais e do outro os cabeças redondas que apoiavam o parlamento.

A guerra e a Revolução

RESUMO DA REVOLUÇÃO INGLESA

A Revolução Inglesa deu margem a Guerra Civil Inglesa que aconteceu entre os partidários do Rei Carlos I da Inglaterra e o Parlamento liderado na época por Olivier Cromwell.

A Revolução começou no ano de 1642 e terminou apenas depois da morte de Carlos I no ano de 1649. Quando também o sucessor de Cromwell (Richard) não tenha a mesma habilidade que seu pai e renunciou o cargo dando aos adversários o estabelecimento da monarquia. Tornando esse período conhecido como Restauração.

No século XVII a Revolução Inglesa representou a primeira manifestação de crise do sistema da época moderna, a qual foi identificada como absolutismo. A Inglaterra teve um grande desenvolvimento devido à monarquia absolutista.

Com Henrique VIII e Elizabeth I no poder conseguiram á unificação do país, dominando a nobreza e o afastamento do papa, entrando em disputa de colônias com os espanhóis, o que agradou burguesia, barrando o avanço da burguesia mercantil.

O poder monárquico era extremamente limitado, mas cedendo a maior parte de suas prerrogativas ao Parlamento, instaurou-se o regime parlamentarista que permanece até os dias atuais.

Nessa época, foi exigida a prisão de dois ministros do rei e aprovaram uma lei que proíbe o monarca de dissolver o parlamento. Esse processo teve início com a Revolução Puritana de 1640 e terminou com a Revolução Gloriosa de 1688, as quais fazem parte de um mesmo processo revolucionário.

Foi esse movimento revolucionário que proporcionou condições indispensáveis para a Revolução Industrial do século XVIII, deixando o terreno preparado para o avanço do capitalismo.

Consequências pós Revolução Inglesa

Concluiu-se que mais de 15% da população tenha morrido durante a guerra, de certa forma foi a Revolução Inglesa que criou com o auxilio da Revolução Industrial as condições para a instauração do modo de produção capitalista, permitindo á marinha Inglesa o controle total dos mercados mundiais na época.

Naquelas circunstâncias, a Inglaterra se tornou o único país não Monárquico, mas depois de alguns anos a monarquia foi restaurada com a ajuda de Carlos II, a Inglaterra tornou-se então uma Monarquia parlamentar onde existe um rei, mas ele não exerce função de governo (O rei reina, mas não governa).

12 votos



Nathalia
10/10/08


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
    aquinara - 07/03/2014

    ammm mt bom + e mt grande ainda