Tomei a pílula do dia seguinte corro risco de engravidar

O uso da pílula do dia seguinte costuma gerar várias dúvidas. No 007Blog você encontra diversas informações sobre o uso do medicamento.

PÍLULA DO DIA SEGUINTE

A pílula do dia seguinte deve ser usada com muita cautela.

A pílula do dia seguinte vem sendo cada vez mais utilizada pelas mulheres que não querem engravidar. Porém, muitas delas utilizam de forma inadequada, o que pode trazer sérias consequências à saúde.

Dúvidas femininas sobre a pílula do dia seguinte

Tomei a pílula do dia seguinte, corro o risco de engravidar?

As chances de engravidar são mínimas se tomada corretamente, mas como qualquer outro método contraceptivo há chances de falhas. Quanto mais cedo tomar a pílula, maior será a eficácia.

                       

Como tomar a pílula do dia seguinte?

Primeiramente é preciso saber que existem dois tipos de pílulas, uma em dose única e outra com dois comprimidos. Ambas devem ser tomadas o mais breve possível, no mínimo até 72 horas, e a outra após 12 horas (no caso de duas drágeas).

Como a pílula funciona?

A pílula age no organismo antes da gravidez acontecer, ou seja, antes da fecundação. A pílula faz com que o espermatozoide não encontre o óvulo. Mas se caso isso já tiver ocorrido, a pílula faz uma descamação do útero, evitando a implantação do mesmo. Caso a mulher já esteja iniciado a gravidez não vai causar efeito.

Quais são os efeitos colaterais?

Cada mulher reage de uma forma, então podem ocorrer os efeitos colaterais. Dentre os mais populares podemos destacar: alteração no ciclo menstrual, dor de cabeça, sensibilidade nos seios, náuseas e vômitos. Os sintomas podem variar de mulher para mulher.

É preciso receita médica para comprar a pílula?

Sim, apesar de muitos adquiri-la sem a receita. No entanto, é extremamente importante consultar um médico ginecologista antes de qualquer coisa, pois ele vai indicar o melhor medicamento de acordo com suas necessidades.

Perigos da pílula

A pílula do dia seguinte deve ser utilizada apenas em caso quando o outro método contraceptivo teve falha, e não deve substituí-lo. Vale lembrar que pílula não previne contra as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s), somente para evitar a gravidez indesejada. Por isso, o uso da camisinha é fundamental.

Sobre pílula do dia seguinte

PILULA DO DIA SEGUINTE - DR. LUIZ FERNANDO - CONTRACEPÇÃO DE EMERGENCIA

Mitos e verdades sobre a pílula do dia seguinte

Nenhum voto, seja o primeiro



Fabio
17/06/09


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook